Balanço de 2018

E assim chegamos ao fim de 2018, um ano produtivo onde aconteceu tanta coisa boa.
Desde o lançamento do disco “Interchange” que mereceu destaque e recebeu 4* na revista Downbeat e a crítica do Miguel Esteves Cardoso, o lançamento do segundo livro “Teoria do Jazz – Exercícios”, aos concertos da Orquestra Jazz de Leiria onde fiz arranjos para a Sara Tavares e António Zambujo, aos concertos da Orquestra do HCP com o Joe Lovano e à apresentação do meu disco no Hot com a presença do Miguel Zenón foi sem dúvida um ano de sonho.
Vais ser muito difícil superar este belo 2018.
Bom ano e boas entradas para todos. 

Partilhar:
César Cardoso, todos os direitos reservados