2021 review

2021 chega ao fim, e fazendo uma retrospectiva, o balanço é muito positivo apesar de todas as contingências. Tenho de destacar alguns do momentos, a residência artística no projeto Nascentes em parceira com a Inês Bernardo, a apresentação da minha primeira obra para banda sinfónica no projeto Happy Jazz, o concerto da Orquestra Jazz de Leiria com o Salvador Sobral e a gravação do disco “Dez” que foi um projecto muito ambicioso. Feliz também pelos concertos do meu Ensemble em vários festivais, bem como a nomeação do disco “Dice of Tenors” nos prémios Play.

Foi um bom ano sem dúvida. E na esperança que o próximo seja igual ou melhor, desejo a todos muita força e determinação para conseguirem os vossos objectivos. Bom 2022! 🎉🎉

Deixe um Comentário

César Cardoso, todos os direitos reservados